Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ao luar comigo

30
Nov17

Já não és mais

Inês Santos

 

bizrsn4m.jpg

A tristeza tocou-te, abraçou-te, namorou-te até se viciar em ti. As velas chegaram ao fim, as roupas romperam-se, a tinta gastou-se e o chá esfriou-se. A escuridão é agora o teu conforto, a lua guia-te e as estrelas parecem perder o brilho a cada lágrima que deixas escapar. As noites bem dormidas desapareceram, as manhãs energéticas acabaram e tu ainda aqui estás. És dona de olheiras impossíveis de disfarçar e de um cabelo naturalmente cheio de nós. A temperatura do teu corpo é incerta, assim como ganhas e perdes vontades a cada batida do relógio. Minutos viraram horas em que involuntariamente decoras cada detalhe do teu quarto. As paredes antigamente azuis são agora o palco de assustadoras imaginações. Sobrevives com um coração cansado e uma mente baralhada. Eras tu, a simpática, a sorridente e a bondosa morena do 4° andar. Já não és mais.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub